A alergia a proteína do leite de vaca da Maria Clara




  Oi mammys!!! Vou falar de um assunto muito comum nos dias de hoje: ALERGIA A PROTEÍNA DO LEITE DE VACA (APLV) e como descobri esse alergia na Maria Clara.

  Quando ela tinha 10 meses eu ia viajar de lua de mel, e tinha que tirá-la do aleitamento materno, pois ela iria ficar com minha mãe (sim, casei no religioso depois de ter minha primeira filha – já contei isso em um post anterior!!).



  Então resolvi testar a primeira mamadeira com fórmula infantil. Ela aceitou o leite sem problema nenhum, tomou tudo. Quarenta minutos depois da mamada ela vomitou todo o leite e um pouco depois começaram a aparecer bolinhas avermelhadas no seu rosto, como se fosse pequenas manchas.

  Na hora  liguei para madrinha dela, que também é pediatra, que em 10 minutos estava em casa. Assim ela viu a Maria Clara já diagnosticou: minha filha era alérgica a proteína do leite de vaca.

  Quando eu ia imaginar que isso iria acontecer???? A língua dela também inchou um pouco, mas como ela vomitou o leite (ainda bem) nada mais aconteceu. Depois fizemos todos os testes e o exame de sangue (RAST) e ficou comprovada a alergia.

  A partir daí ela passou a tomar fórmula com proteína do leite hidrolisada, especial para crianças com esse tipo de alergia e teve todos os derivados de leite excluídos da sua dieta.
  No dia lembro que fiquei muito mal, chorei muito…. Mas com tempo fui me acostumando.

  No começo passava horas no supermercado lendo rótulos dos produtos para saber o que ela podia ou não consumir. Em pouco tem virei uma expert em dieta restrita a leite de vaca.

   Ainda bem que sou nutricionista!!!!

  A Maria Clara sempre teve uma dieta bem varia e comia de tudo, sempre levei a comida dela separa em todo lugar que fossemos. Em festas eu levava o brigadeiro, o pão de queijo dela, eu fazia com uma receita que que é com mandioquinha e fica igualzinho, e assim fui adaptando…

  Hoje é muito comum encontrarmos crianças com esse tipo de alergia. Mais comum é a confusão feita entre a alergia a proteína do leite e a intolerância a lactose. CUIDADO: são duas coisas totalmente diferentes!!!

  As mães que tem filhos alérgicos a proteínas do leite de vaca: não se desesperem, há um mundo de opções para eles. Fui descobrindo isso com o tempo. Lógico que temos que tomar um cuidado dobrado com tudo que damos a eles, mas há muita variedade de produto no mercado. O mais importante é sempre lermos os rótulos dos alimentos!

  Há também um site muito bom e sério, com ótimas informações: http://www.alergiaaoleitedevaca.com.br

  Hoje parece que virou moda a APLV, qualquer refluxo no bebê surge a hipótese de APLV e não é. Esse é um assunto sério. No caso da Maria Clara podia fechar a glote.

  A boa notícia: em 80 % dos casos essa alergia passa até os 3 anos!!!! A má notícia: não foi o que aconteu com a Maria Clara… E mais uma vez a mãe aqui chorou….

  A ótima notícia: em setembro de 2013 a alergia da Maria Clara passou!!!! Com a 4 anos e meio!!! Ufa!!! O teste foi feito meio que sem querer… Ela comeu uma bolacha que eu achava que não tinha leite e TINHA!!! Mas a bolacha não deu reação nenhuma nela…. Fiquei branca quando li o rótulo e vi que tinha leite, fiz o teste e ….. UHUUUU…

  Algumas coisas ela ainda não aceita muito bem, não come queijo, ainda prefere leite soja, esta se adaptando… Mas é lindo ver ela em festa podendo se lambuzar de bolo e brigadeiro!!! Um sonho realizado!!!!


Post Relacionado:




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...