Avó: a mãe com açúcar.



  A Maria Clara foi a primeira neta dos meus pais, e assim que ela nasceu eles constataram o que todo mundo sabe: ser avós é bom demais!!!

  Como dizem: avó é a mãe com açúcar, aquela que não tem a obrigação de educar, que faz as vontades dos netos, brinca, dá chocolate, fica só com a parte boa.

  Mas quem acha que os avós não tem papel na educação dos filhos está muito enganado…. Eles ajudam muito, e as vezes atrapalham também. E isso é normal!!!

  Hoje em dia as avós são mais ativas, muitas trabalham e isso é muito bom. A convivência com os netos fica mais alegre e divertida. Muitas ajudam, e muito, no dia a dia dos netos, tem aquelas que cuidam deles enquanto as mamães trabalham. E avó também tem algumas responsabilidades para que essa convivência seja prazerosa para toda família.

  A casa da avó: quem não tem uma boa lembrança da casa da avó. Lugar onde os primos se reúnem e brincam, comidas gostosas, almoço de domingo… A casa da avó sempre nos traz uma boa memória….
Mas lá tem que ter segurança também e dependo da freqüência com que o neto aparece não custa “ajeitar” a casa para recebê-lo.

  No meu caso, quando a Maria Clara nasceu, eu ia umas 4 vezes por semana (no mínimo) para casa da minha mãe, hoje vou umas duas e minha irmã também vai com os filhos. Nossa freqüência é enorme, certo? Por isso a casa da minha mãe esta sempre pronta para receber os netos: tem fralda, e tudo o que precisa para troca, algumas roupinhas das crianças já ficam por lá, berço e os item de segurança essenciais: grades nas janelas, tomadas protegidas… Se precisarmos deixar as crianças lá na pressa não precisamos arrumar aquela mala gigantesca, o que é ótimo!!!


  Mas como essa convivência entre netos e avós é muito grande, no meu caso, aparecem algumas responsabilidades para os avós. Uma delas é saber a rotina dos netos, não precisa fazer exatamente como na casa da mãe, mas se toda vez que for na avó sair da rotina, não vai dar certo… Hora para comer, brincar, escovar os dentes, dormir, tem que manter a ordem. Isso já não acontece quando estamos na casa da minha sogra, como ela mora em Fortaleza e vamos para lá 2,3 vezes por ano é permitido sair da rotina, com controle, lógico. 

  Um coisa que é muito importante: os avós tem que saber a hora de chamar a atenção, mas sem exageros. O que combinei com meus pais, é que quando estou junto, só eu chamo atenção ou dou bronca, caso contrário a responsabilidade é deles. Os avós não podem ficar dando bronca nos netos, eles são os maiores responsáveis por mimar os netos, mas sem deixar que as coisas saiam do controle!
Outra coisa que os avós não podem nem pensar em fazer é desautorizar os pais na frente dos netos. Se não estão de acordo, conversem, mas nunca na frente das crianças!!!

  Ter avós por perto é muito bom, a convivência traz alegria e une a família. E muitas vezes dá mais liberdade para os pais (como na meu caso). Poder deixar os filhos na casa dos avós e sair para jantar, só o casal é muito bom. Acordar tarde de vez enquando!!! E que criança não adora dormir na casa dos avós??? As minhas amam!!!

  E os presentes??? Como avós adoram dar presentes para os netos, mesmo que sejam besteirinhas, eles sempre tem um presente para dar… Mas calma, nada de exagero e sem consentimento dos pais. Exemplo: a Maria Clara pediu um ipad para minha mãe de 5 anos, pode??? Só para jogar!!! Minha mãe veio me falar e cortei a idéia na hora!!! Eu não deixo ela ficar jogando, e ganhar um ipad com 5 anos está totalmente fora da minha educação. Conclusão: ela ganhou um patins, e tenho certeza que esta aproveitando muito mais do que se tivesse um ipad!!

  Ser avó deve ser uma sensação muito boa: ver seu filho ou sua filha se tornando pai e mãe, ter uma bebê novamente para ajudar a cuidar, mimar, dar carinho…. realmente deve ser indescritível!!! Ser mãe/pai em dobro!!! E melhor ainda é nós, filhos e netos termos eles por perto!!!




0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...