Resgates incríveis da Maria Clara


  
  Ontem a Maria Clara teve o dia mais emocionante de seus cinco anos...

  Fomos contemplados para participar de uma experiência chamada resgastes incríveis.


  Para participar era preciso trocar 12.000 pontos do programa multiplus (fidelidade TAM) pela oportunidade de ir em uma loja de brinquedos e pegar todos os brinquedos que conseguisse em um minuto. Porém, apenas as 12 primeiras pessoas que resgatassem os pontos participariam.

   O resgate ia ficar disponível a partir das 10 horas da manhã se segunda feira, dia 06/10.

  Eu recebi um email da multiplus falando dessa promoção e achei a idéia interessante.

  Apesar do prêmio ser brinquedos, e já ter mais que suficiente aqui em casa (como na maioria das casas de quem aqui lê – não é???) achei que seria uma experiência divertida para a Maria Clara.

  A Rafaela também poderia participar, era para crianças de 3 a 10 anos. Porém, achei que ela ainda é pequena para entender o que aconteceria...

  Enfim, segunda-feira, 10 horas, estava eu na frente do computador para tentar efetuar o resgate dos pontos... E não é que resgatei!!!!

  Foi tão tranquilo que achei estranho, que não tinha dado certo...

  O email de confirmação do resgate demorou umas 3 horas para chegar, horas essas que achei q não tinha dado certo. Mas deu, recebi o email pedindo os dados da criança e pronto!

  Como seria: a criança deveria estar na loja PBkids, do Mooca Plaza Shopping, as 7:00 horas da manhã do dia 12/10, acompanhada de um responsável e outra pessoa. A criança entraria na loja junto com o responsável e teria que pegar quantos brinquedos conseguisse em um minuto e pronto: os brinquedos seriam todos seus. O responsável só poderia empurrar o carrinho.

  Muito legal, né!!! Que criança não iria gostar de entrar numa loja de brinquedos, encher um carrinho e levar tudo para casa. Só tem um porém.... Em apenas 60 segundos!!!

  Para a Maria Clara não ficar perdida na hora, levei-a para conhecer a loja no dia anterior e o pai e eu explicamos como seria e o que ela teria que fazer. Mostramos que o tempo seria pouco para ela ficar escolhendo, que ela teria que pegar brinquedos próximos... Essas coisas. O gerente da loja foi super simpático e ajudou bastante!!!

  Eu resolvi que não iria no dia, que ela iria com o Beto e minha sogra (que por coincidência estava aqui ontem). Achei que ficaria nervosa e poderia atrapalhar… hehehe

  Ontem acordamos as 5:40 para que estivessem na loja as 7:00. As 6:15 sairam o Beto, minha sogra e ela. E eu fiquei em casa com a Rafaela (que não tinha ideia do que a Maria Clara iria fazer e só acordou duas horas depois que eles saíram) e morta de curiosidade para saber o que estava acontecendo.

  Mandava mensagem para o Beto o tempo todo.

  Como foi tudo: eram 12 crianças e uma por vez que pegava os brinquedos. A ordem das crianças foi definida por sorteio. A Maria Clara foi a número  11, isso mesmo, a penúltima.

  Ela ficou bem animada o tempo todo e um pouco tímida também. Observou bem como as crianças que foram antes dela faziam.

  Segundo o Beto, todos os pais, quando ia começar, falavam para as crianças: “Vamos seguir o plano e ir para tal lugar” e na hora que começava as crianças corriam para onde queriam e esqueciam do “tal plano”... hehehe

  Ele achou melhor deixar a Maria Clara livre, sem pressionar e falou para ela que o melhor era pegar LEGO, que depois ela poderia voltar na loja com calma e trocar por qualquer outro brinquedo que quisesse.

  E assim foi, ela pegou no total 15 brinquedos, entre eles tinha lego, Furby, cachorro e um tablete (que, segundo o pai, foi o único que ela realmente escolheu). E detalhe: o Beto disse que ela não foi rápida, foi na calma... (segundo ela contou, ficou um pouco tímida…hehehe). 

  O Beto falou que todas as crianças pegaram bastante brinquedos e saíram bem felizes!!! Essa era a idéia principal!!!

  O que eu vou fazer com tanto brinquedos, sinceramente NÃO SEI. Ela só abriu o tablete (foi o Prêmio dela). Ainda veremos....

  Mas o que mais gostei de toda essa experiência, foi o rostinho feliz que ela chegou em casa, a felicidade dela contando como foi...

  Muitos podem pensar que participar de algo assim é incentivar o consumismo na criança.... Nem ligo, quem não gostaria de entrar em uma loja específica de seu produto preferido e poder “fazer a rapa”?!?!?!

  E mais, para criança, tudo não passa de uma grande brincadeira, a mais legal que ela teve!!! O produto dessa brincadeira, os brinquedos, ela nem deu tanta bola... Gostou mesmo foi da experiência.

  Em casa estava fazendo lição e comentou para si “Esse foi o melhor dias das crianças da minha vida”. Foi tão bonitinho... E eu adorei, porque o que queríamos mesmo era que ela se divertisse!!!

  Olha o rostinho de feliz com as suas conquistas...


   

Veja também - o vídeo - clique aqui


0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...