Dermatite das Fraldas



   Você sabe o que é dermatite das fraldas? 

  A dermatite das fraldas é a tão famosa assadura. Sim, aquela vermelhidão que aparece na pele do bebê  e da criança. 


  Esse irritação é causada  por substâncias químicas presentes na urina e nas fezes, que ficam retidas na fralda do bebê. Também pode aparecer por uma infecção fúngica (como candidíase) ou bacteriana, nesses acasos o acompanhamento médico e uso de medicamentos é essencial.

  A Dermatite das fraldas tem esse nome pois fica restrita na área em que fica a fralda do bebê e da criança. O local é abafado e o contato com as substâncias químicas por tempo prolongado podem irritar a pele.

  Ela aparece principalmente no primeiro ano de vida do bebê (mais frequente do terceiro ao nono mês), mas pode acometer idades superiores também.

  Para evitar o aparecimento dessa dermatite a fralda deve ser trocada com frequência, a higienização deve ser feita com algodão e água. Utilizar creme protetor nas trocas das fraldas, ele agem como uma barreira de proteção. No caso do uso de lenço umedecido ele deve ser apropriado para bebê/criança, sem álcool. Usar fraldas bem absorventes e, se possível, deixar a criança/bebê sem fralda por alguns minutos e expostos ao sol. Além disso, deve-se evitar o uso excessivo de sabonetes (mesmo os neutros), óleos, talcos, hidratantes ou perfumes. Caso a criança apresente diarreia, trocar a fralda imediatamente após a evacuação.

  Mas o que fazer quando a pele do bebê ficar irritada? 

  Mesmo fazendo de tudo para prevenir as assaduras, elas podem aparecer. Nesse caso o ideal é trocar a fralda com uma frequência maior, utilizar apenas algodão e água morna para limpar a área - mesmo no banho não se deve ficar usando sabonete no local. Evitar o uso de lenço umedecido e evitar friccionar a área. Sempre secar o local e deixar arejado por um tempo. Utilizar reme reparador (de tratamento) que contenha oxido de zinco combinado com outras substancias.

  A irritação deve mostrar sinais de melhora em 3 - 4 dias. Caso isso não ocorra, um médico deverá ser consultado.

  Um dado importante: o aleitamento materno diminui a incidência das dermatites das fralda!

  Não esqueça, qualquer dúvida procure sempre um pediatra.








6 comentários:

  1. Os meus filhotinhos não tiveram, mas vejo com muita frequência nas crianças lá na escola.
    Vou indicar seu texto para as mamães.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Amiga eu sempre morri de medo, porque me disseram que é horrível. Graças a Deus nenhuma das minhas duas teve. A Lara teve uma alergia que complicou um pouco, mas foi só.

    Achei o post muito esclarecedor!

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  3. Isaac teve dermatite, e tratamos e graças a Deus sumiu.
    Mas dava uma dó.
    Bjs
    Vivi

    http://www.maternarparasempre.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus, eu morro de dó quando as crianças ficam assim. Dicas ótimas para evitar esse problema. Bjus.

    ResponderExcluir
  5. OI Camila, olha que eu tenho duas filhas, passei por essa fase das fraldas por duas vezes e não sabia que as assaduras tinham esse nome. Muito boas as suas dicas sobre os cuidados que devemos ter para prevenir as assaduras e para cuidar caso elas apareçam.
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  6. Nossa é super sério e nesse caso haja paciência, pomada e carinho de mãe...
    bjs
    Lele

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...