A hora certa de ter o outro filho




  Muitas mães se perguntam qual o melhor momento para pensar em outro filho.

  E eu, que estou com o terceiro filho, resolvi escrevi sobre o assunto: Qual a hora certa de ter o segundo filho??? Será que existe esse tempo certo??? Estou no terceiro filho e a diferença entre as meninas é bem menor do que a do Caio Henrique. E mesmo tendo a experiência de maior ou menor diferença, acho que essa pergunta tem diversas respostas….


Meus três pimpolhos e eu

  Desde que casei sabia que queria ter mais de um filho, família grande! Meu marido e eu queríamos uns 4/5 filhos (sim, loucos!!!) e com pouca diferença entre eles: 2/3 anos no máximo.

  Engravidei e tive a Maria Clara, uma bebê calma, super tranquilha, dormia bem, fica no carrinho… Um sonho de bebê. Quando ele estava com ano começamos a conversar sobre ter o segundo filho e decidimos começar as tentativas quando ela tivesse 1 ano e meio, para que tivessem uns 2 anos meio de diferença.

  Bom, nem precisamos tentar muito, engravidei na primeira tentativa da Rafaela.

  Elas tem 2 anos 2 meses de diferença. Uma ótima diferença né?!?! Depende do ponto de vista…

  Mas será que existe a hora certa de ter outro filho??? Uns dizem que pouca diferença é bom pois os irmão se tornam amigos e que facilita a vida da mãe pois tem as mesmas atividades estão no mesmo “ritmo” . Outros já acham que diferença maior é melhor pois dá pra dar mais atenção para cada um, o mais velho pode ajudar com o mais novo (dependendo da diferença de idade).

  O fato é que maior ou menor a diferença, tudo tem suas vantagens e desvantagens e vou listar para vocês o que acho (de acordo com a minha experiência).

  Vantagens de ter filhos com pouca diferença de idade:

  - As atividades das crianças são praticamente as mesmas. Dá para conciliar os horários na natação, ballet, judo. Muitas vezes eles ficam na mesma turma, o que facilita muito.
  - Como o mais velho ainda é pequeno pode ser mais fácil a aceitação do irmão, afinal ele ficou pouco tempo sozinho na família, possivelmente terá menos ciúmes.
  - Afinidade entre os irmãos é maior, muitas vezes os amigos que fazem são os mesmos.
  - Os pais conseguem brincar com eles ao mesmo tempo, pois brincam das mesmas coisas e gostam das mesmas atividades.
  - Os passeios também são os mesmos: cinema, teatro.
  - Fraldas, noites mal dormidas, começo da alimentação, escolinha, todas as dificuldades que passamos com crianças pequenas “acabam” de uma vez. Não aquela história de ter que começar tudo de novo, já esta no ritmo.

   Vantagens de ter filhos com maior diferença de idade:

  - O trabalho é menor, afinal o mais velho já não usa mais fralda, come sozinho. Se a diferença for grande muitas vezes o mais velho já toma banho sozinho. Aí o trabalho fica apenas com o pequeno.
  - É mais fácil conversar com mais velho caso ele tenha ciúmes. Crianças mais velhas tendem a ter mais ciúmes pois passaram mais tempo sendo o "reizinho" da casa.
  - Muitas vezes o mais velho pode ajudar com algumas tarefas com o mais novo. Claro que sem que isso se torne uma obrigação, afinal é uma criança também.
  - Você consegue curtir a mais novo com mais qualidade pois o mais velho já tem outras atividades e não depende tanto de você.

  As vantagens de são as desvantagens de outro, claro.

  Mas e aqui, como foi, o que eu senti com as diferenças de idade entre os meus filhos?
  Já comentei que logo que a Rafaela nasceu não foi nada fácil. Os primeiros meses foram bem difíceis para mim pois a Maria Clara ainda era muito pequena e estava descobrindo o mundo e muitas vezes não estava com ela nessas descobertas e isso me chateava. Mas depois a pouca diferença entre elas era ótima. Mesmos passeios, mesmos gostos, mesmos desenhos, mesmos horários no ballet, natação. Banho junto, brincadeiras juntas, mesmas atividades. 

  O Caio Henrique nasceu com uma diferença bem maior. Ele é 4 anos e meio mais novo que a Rafaela e quase sete anos mais novo que a Maria Clara. Literalmente TUDO NOVO, DE NOVO. Voltei para as fraldas, papinhas, banhos. As meninas (principalmente a Maria Clara) me ajudam muito com ele. Quando estou sozinha com os três ela fica de olho, brinca enquanto eu tomo banho, ou tenho que fazer algo. Isso é muito bom e libertador...hehehehe.

  Como ele é o terceiro, e menino não vi muito desvantagem na grande diferença. O que vai ser ruim no futuro serão os passeios. Com certeza as meninas não vão querem ir ao teatro ver a Galinha Pintadinha ou o Mundo Bita. Teremos que negociar ou papai e mamãe terão que dividir para agradar a todos.

  Conclusão: não tem uma hora certa de ter outro filho, até porque a gente não escolhe quando vai acontecer, pode demorar mais que o planejado ou ser no susto mesmo. Eu mesmo achei que engravidaria rápido do Caio Henrique e demorou um ano. Maior ou menor a diferença de idade, tudo terá seu lado bom e o lado ruim, vale pensar na dinâmica familiar, no emprego, e que será melhor no caso de cada um.


  Beijos!!!!





SalvarSalvar

5 comentários:

  1. Aqui sempre pensamos em 3 mas vamos parar em dois hahaha. Da minha segunda também engravidei de primeira. A diferença entre elas é de 3 anos e dois meses.

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  2. Quando eu era jovem até pensava em mais filhos, mas como fui mãe mais tarde, hoje teremos só 1 mesmo. Infelizmente ou felizmente, não sei ainda...rsss

    ResponderExcluir
  3. Aqui parei na segunda e pensamos muito antes de tê-la. Ainda bem que resolvemos, pois hoje as duas alegram nossos dias e enchem nossa casa de amor e de alegria. Elas tem 4 anos de diferença e se dão super bem... com algumas rusgas, claro!

    Clau
    @AsPasseadeiras

    ResponderExcluir
  4. Essa dúvida paira em minha mente, queremos outro filho, mas ao mesmo tempo que achamos Caio muito novo, tenho medo de passar tempo demais!

    ResponderExcluir
  5. Como você disse tudo tem o seu lado bom e o seu lado nem tão bom assim. Depende muito da realidade de cada família, né? No meu caso a diferença e grande, 7 anos, e eu às vezes sinto que fiquei com duas famílias de dois porque temos sempre que nos dividir para atender aos interesses que são bem diferentes. Mas por outro lado tem muita coisa boa. De qualquer forma eu gostaria de ter experimentado um distância menor. Tipo um atrás do outro. kkk
    beijos
    Chris

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...