Asma, bronquite e bronquiolite. Qual a diferença?



  Muitas pessoas confundem asma, bronquite e bronquiolite. Eu mesma era uma delas, nunca tinha dado atenção para problemas respiratórios, até a chegada do Caio Henrique... As meninas nunca tiveram nada nesse sentido, já o Caio já teve dificuldade para respirar e até ficou internado. Foi aí que minhas dúvidas começaram a surgir nesse sentido. 

  Pesquisei muito esse tema e qual a diferença entre esses termos (no google mesmo) e, sinceramente, fiquei ainda mais confusa. Até que achei melhor conversar com especialistas, e foi o que fiz. Falei com um pediatra, um infectologista e um infectologista pediatra e eles foram unanimes na explicação.

  Então vamos lá, para entender melhor primeiro vamos ver um desenho das partes principais pulmão:




  Durante a respiração, o ar entra pelas narinas, passa pela faringe, laringe, até chegar a traquéia, brônquios e, finalmente, os bronquíolos, que são a porção final das vias respiratórias inferiores antes dos alvéolos.  Nos alvéolos é onde ocorre a troca do gás oxigênio pelo gás carbônico. 

  A bronquite é o nome dado a uma inflamação dos brônquios, que pode ser causada por vírus ou bactéria. O brônquio inflamado diminui de calibre, a passagem do ar fica mais estreitas,  fazendo com que ele passe com dificuldade. Essa dificuldade do ar passar provoca um som chamado de sibilo, popularmente conhecido como chiado. Na figura abaixo vemos um brônquio saudável e um inflamado.
Brônquio saudável             Brônquio inflamado
  Sempre que há uma inflamação dos brônquios, são produzidos mediadores inflamatórios que levam a um espasmo da musculatura. Consequentemente a musculatura dos brônquios se contrai e chamamos isso de broncoespasmo. 

  A asma nada mais é que uma bronquite recorrente provocada por alérgenos como poeira e ácaros, ou seja, é uma doença alérgica, sem cura. O brônquio inflama, ocorre o espasmo da musculatura e a pessoas se cansa muito para conseguir respirar.

  Muitas pessoas costumam dizer que tem bronquite: isso não existe!!! Eles podem estar com bronquite, mas não ter a bronquite. A bronquite é uma infecção que pode ser provocada por vírus e bactéria e então ela é infecciosa e quase sempre isolada, não recorrente. Tem começo, meio e fim.

 A doença frequente é a asma, doença alérgica, recorrente, sem cura, mas controlável! Existe pessoas asmáticas e não que tem bronquite sempre.

  Agora vamos falar da bronquiolite, nome que muitas mamães tem medo... 

  O termo bronquiolite se refere a uma inflamação nos bronquíolos, da mesma forma que nos brônquios, ele diminui de calibre e dificulta a passagem do ar.

  Os médicos se referem a bronquiolite como a primeira crise de chiado do paciente, geralmente causada pelo VSR (vírus sincicial respiratório) que acomete muitas crianças, principalmente as menores de 6 meses, mas é comum até os 2 anos.

  A partir daí a criança pode chiar por diversos motivos, infeções virais, bactérias, alérgicos, mudanças de temperatura...

  As próximas crises de chiado do bebê não são mais chamadas de bronquiolite pelos médicos e sim de broncoespasmo. Sim, o mesmo que acontece na asma... Porém, como em crianças até três anos a musculatura respiratória ainda não esta madura, não pudesse dizer que ela é asmática.

 Quando uma criança tem essas crises de chiado repetidamente ela é considerada um bebê chiador. Até a crianças ter 3 anos os bebês criadores tem crises repetidas de broncoespasmos.

  Depois dessa idade, com a musculatura já madura, se a criança continuar com as crises ela já pode ser considerada uma criança asmática. Aproximadamente 30% dos bebês chiadores se tornam crianças asmáticas.

  Espero ter esclarecido a diferença entre os termos. Qualquer dúvida, estou a disposição!


Esse Post contou com a colaboração do Dr. Renato Kfouri // Especialidade: Infectologista Pediátrico





 


3 comentários:

  1. Ameiii a matéria!!!
    Super importante

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre confundi e nunca sabia a diferença! Parabéns pelas informações, ficou mais claro agora. Vou mandar o link desse post para as mamães de plantão!

    ResponderExcluir
  3. Eu adorei a matéria, esclarecedora! Eu não sabia a diferença e vou compartilhar.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...